segunda-feira, 31 de março de 2008

Momento Reflexivo


video

E VOCÊ, QUE ESCOLHAS TÊM FEITO?

Psicóloga Katiane Fagundes

É possível motivar os alunos a aprender?

Motivação é um tema presente em muitos campos do saber, e na educação não poderia ser diferente. Em salas de aula de todo o Brasil, quiçá do mundo, existem aqueles alunos ditos motivados e outros desmotivados, e é a partir desta nomeação que começamos a questionar o que é a motivação.



Segundo o dicionário de Psicologia, motivação é um estado subjacente inferido que energiza o comportamento, provocando a sua ocorrência; colocando de uma forma mais prática, a motivação é um motivo para ação e seu caminho é de dentro para fora. Falar que a motivação é interna, não quer dizer inata e sim que surge a partir da historia de vida, dependente da interação com o mundo físico, social e emocional do aluno. Isto nos dá a pista que para motivar alguém é necessário saber qual importância tem determinada atividade na vida da pessoa, pois o conteúdo precisa fazer sentido e gerar satisfação pessoal.



Na escola, a motivação consiste em oferecer estímulos e incentivos apropriados para tornar a aprendizagem mais eficaz. O professor deve inicialmente responder a seguinte pergunta: que importância tem para meus alunos saber ou conhecer o que ensino?



Um aluno estará motivado quando sentir necessidade de aprender o que está sendo tratado. E muitas vezes a visão a longo prazo que há muito tempo é dita no ambiente escolar, è estudando que se tem um futuro melhor, não faz sentido para o aluno, ou por não ser capaz de visualizar tão longe, ou por não atribuir um futuro melhor a quantidade de conhecimento (vejam seus ídolos).



Não existe receita de bolo para estimular um aluno, porém, um professor reflexivo avalia sua prática e busca formas de favorecer a relação de ensino-aprendizagem, observando que é muito mais difícil criar um ambiente interessante para o aluno quando se está desmotivado.



E você Professor está Motivado?

Psicóloga Katiane Fagundes